domingo, 24 de fevereiro de 2013

Dissertação

Dissertação

Dissertação.  Dissertar é:
I. Expor um assunto, esclarecendo as verdades que o envolvem, discutindo a problemática que nele reside;
II. Defender princípios, tomando decisões
III. Analisar objetivamente um assunto através da sequência lógica de ideias;
IV. Apresentar opiniões sobre um determinado assunto;
V. Apresentar opiniões positivas e negativas, provando suas opiniões, citando fatos, razões, justificativas.
        A introdução de um texto pode ser concebida como o “cartão de visita” do autor, um convite ao leitor / à leitora a participar de maneira harmoniosa ou contrastiva em relação à proposta abordada, além de servir de elemento administrativo e regencial do aspecto global do texto. Por esses motivos, é significativo que a introdução de um texto dissertativo contenha elementos atrativos, objetivos, questionadores e que apresente um matiz distintivo (atrelado ao grau opinativo e/ ou informativo) sobre o que será desenvolvido.
        Um dos quesitos que garantem o bom desdobramento do texto dissertativo é o uso de exemplos, seja para complementar, ratificar ou refutar um tema ou uma ideia preestabelecida. Dessa maneira, a exemplificação possibilita caracterizar e tornar mais acessível e convincente ao leitor o que se afirma ou se nega. O uso de exemplos também certifica ao leitor que o autor é capaz de dissertar sobre temas da atualidade, bem como explorar certo conhecimento de mundo ou certa capacidade intertextual de dialogar com outros assuntos afins.
     Além de retomar ou resumir a ideia/ assunto desenvolvido, a conclusão de um texto dissertativo deve, em geral, oferecer um argumento distintivo em relação ao foco proposto e, dependendo do gênero a ser produzido, deve convencer o leitor a refletir sobre aquele determinado ponto de vista.
www.algosobre.com.br/redacao/dissertacao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário